por onde começar um blog

Por onde começar um blog?

Você se convenceu de que precisa de um blog e está disposto a começar a construir sua primeira morada na internet só não faz ideia de por onde começar um blog.

É muito mais simples do que parece, só é preciso se organizar direitinho e levar a sério, mesmo que o assunto seja uma brincadeira para você.

A essa altura você já deve ter decidido de que assunto tratar no blog, se não decidiu essa é a hora. De acordo com o assunto ou nicho você vai decidir o nome e o domínio.

por onde começar um blog

Nicho

Se você não tem uma empresa para nortear os assuntos do blog deve estar pensando sobre o que falar nele, por incrível que pareça lifestyle é o nicho que mais tem blogs e que também mais tem audiência.

Somos todos curiosos principalmente quando se trata da vida alheia, nem é por mal, as vezes por comparativo, outras para inspiração, mas sempre queremos saber como o vizinho vive.

Quando pensar num blog Lyfestyle, pense como uma revista impressa com várias seções, todas a respeito das suas vivências, roupas, maquiagem, academia, receitinhas, pet, viagens, saúde, leitura, tudo isso e mais alguns itens entram nesse tema.

Mas se você acha sua vida desinteressante para o tema, pode fazer o blog de alguma habilidade, hobby, trabalho acadêmico, um assunto que tenha curiosidade e queira compartilhar suas descobertas e pesquisas.

Eu por exemplo comecei precisando de um espaço para armazenar minhas receitas, com certeza tem algo que você possa compartilhar.

Nome e Domínio

De acordo com o assunto escolhido você vai escolher o nome do seu blog e pesquisar se o domínio está disponível, porque seu nome pode ser muito legal, mas de nada adianta se não estiver disponível para contratação.

Duas dicas:

  1. Pense num nome que você goste e não vá querer trocar daqui um ano, por exemplo, nome de blog e domínio são quase como tatuagens, dá pra trocar depois de um tempo mas é um trabalho jogado fora.
  2. Faça um brainstorming, uma lista de possíveis nomes que você goste, dessa lista podem sair combinações inesperadas.

Quando estiver com sua lista de nomes, entre no site do Registro.br e verifique os que estão disponíveis, avalie bem, peça a opinião de amigos para ter certeza de que o nome realmente te representa.

Plataforma

Nicho, nome e domínio escolhido está na hora de escolher a plataforma utilizada. Plataforma é onde você vai armazenar os conteúdos do seu blog.

Hoje há várias, inclusive gratuitas, mas não custa lembrar que quando você não paga por um produto ou serviço, você é o produto ou serviço.

A plataforma que eu utilizo há anos é o WordPress.org que é gratuito, mas que você precisa de uma hospedagem para conseguir colocar seu blog no ar.

WordPress

O WordPress.org é a maior plataforma de gerenciamento de conteúdo, publicando conteúdo de cerca de 27% de toda internet.

Nem vou direcionar para o site do CMS pois muita gente se assusta quando lê sobre o WordPress a primeira vez, é um tal de fazer downloads, instalar não sei onde, wamp, configurações, layout, CSS e etc que até eu não sei como insisti tanto nele.

Ainda bem que insisti, descobri que tem como fazer tudo isso em 5 minutos e já começar a postar, depois é só ir ajeitando pra ficar do jeito que você quer e precisa.

Um dos motivos de reformular o blog foi para começar a ensinar e desmitificar que WordPress é difícil e complicado.

Qualquer pessoa com uma conta no Facebook consegue utilizar e digo mais, qualquer pessoa com uma conta no Gmail além de conseguir utilizar pode começar já a escrever seus posts no Drive para publicar assim que o blog estiver pronto.

Agora que você já sabe por onde começar e tem lição de casa pra fazer é hora de botar a mão na massa, faça seu brainstorming, liste os possíveis nomes, pesquise, faça uma conta no Gmail se ainda não tem uma, conheça o Drive e comece a rascunhar os posts.

Na próxima semana eu começo o tutorial WordPress Sem Stress para quem quer usar e abusar da plataforma sem dor de cabeça.

Se quiser ajuda com o nome do seu blog é só deixar nos comentários porque duas cabeças pensam sempre melhor que uma.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *