brigadeiro gourmet

Brigadeiro Gourmet, tudo que você sempre quis saber mas tinha vergonha de perguntar

Eu já escrevi sobre brigadeiro antes e é uma novela sem fim, depois de mais de duas horas seguidas de vídeos sobre brigadeiros, dezenas de cursos, centenas de receitas, milhares de latas de leite condensado abertas, algumas promoções, outros tantos livros e rótulos de leite condensado eu cheguei a um veredicto, eu não sei nada sobre as pessoas, mas de brigadeiro eu entendo tudo, tudo o que eu quis entender, claro.

Brigadeiro ainda é aquele docinho de antigamente, o preferido do brigadeiro, candidato a presidência, que eu não aguento mais ouvir a história de ser justo que ele fosse presidente já que era o doce preferido sabe se lá de quem, cada vez que alguém me conta essa história, certeza que um panda gigante é atropelado na Malásia. E se alguém me contar outra vez eu juro que vou contar sobre a chuva de brigadeiros que eu imaginava quando ouvia a expressão “céu de brigadeiro”. Mas vamos ao que interessa, o tal do brigadeiro gourmet, como eu pensei que fosse, como quem faz quer que você acredite que é, como o cliente acha que é e como ele realmente deveria ser.

Brigadeiro Gourmet

 

Como eu pensei que fosse

Eu achava que brigadeiro gourmet era um brigadeiro tradicional, feito com ingredientes de altíssima qualidade, saborizado  com um outro ingrediente, também de muita qualidade o que conferia um sabor diferenciado ao doce, o mesmo era enrolado e envolto em mais do ingrediente que saborizou a massa, triturado ou em lascas. Exemplo – Brigadeiro de pistache: leite condensado, cacau em pó, manteiga, pistache triturado, cozinha tudo e passa em lascas de pistache.

 

Como quem faz quer que você acredite que é

Essa foi a parte mais engraçada, pois as pessoas que fabricam, em sua infinita bondade e a pedido da imprensa gravam vídeos ensinando os reles mortais a fazerem a tal iguaria, e aí as piadas são infindáveis, desde que fabricam seu próprio leite condensado, até que o brigadeiro depois de cozido precisa ficar num recipiente untado, mas não untam o da demonstração.

O objetivo é tentar convencer o publico de que brigadeiro é um dos doces mais difíceis do mundo de se fazer e se for gourmet então… Não estou dizendo que é fácil, assim como qualquer outro trabalho, tem suas técnicas, e deve ser valorizado, por quem faz e por quem compra, infelizmente ainda se compra muito status,  também acredito que todas as pessoas devem ter acesso a pequenos momentos de luxo com um brigadeiro gourmet, não quero que ninguém sofra achando que nunca vai conseguir consumir um produto de qualidade só porque não tem quatrocentos reais pra pagar no cento.

Tenho uma boa noticia pra você que paga menos na prestação do carro, não precisa atrasa la, você vai comer um bom brigadeiro, talvez melhor que o de lá, tudo vai depender do seu gosto. Uma coisa que achei muito engraçada foi sobre o beijinho, ou brigadeiro de coco, alguém por favor, pode me dizer de onde vem o coco tão especial pra essa receita? Não precisa responder.

Como o cliente acha que é

O cliente acredita que os brigadeiros gourmets são como pílulas da felicidade, não vou mentir que preparei um de pistache que era melhor que sexo. Também vou admitir que se estou na rua, louca por um doce e vejo um sabor diferente, eu compro, primeiro que nem sempre estou com vontade de me empanturrar de doces, segundo que eu gosto de um luxozinho de vez em quando.

Logo eu acredito que ensinar corretamente como se faz e parar de papo de segredo, que não convence nem o Kung Fu Panda, não vai me deixar mais pobre ou me fazer vender menos. Nem tão pouco desvalorizar o trabalho. Sempre vai haver clientes de todos os tipos para todos os profissionais, tem quem venda status, tem quem venda doce, tem quem venda tudo junto, eu optei por vender doce de qualidade. Segredo pra mim é livro, já foi divulgado, uma venda extraordinária e não funciona, ou teríamos mais milionários que gente no mundo.

Como é realmente um brigadeiro gourmet

Cheguei na conclusão que para ser brigadeiro não precisa repetir o trio leite condensado, manteiga e cacau, só os dois primeiros ingredientes combinados com outros produtos também são brigadeiros, beijinho, beijinho, Tchau, tchau!!!

Para ser gourmet não basta botar uma castanha e enrolar nas lascas, colocar em bandejinha marrom dentro e fora,  numero 4. Tem que ter uma pasta italiana, toda chique e muito saborosa, ou fazer você mesma sua pasta, o que eu não acho pratico, porém impossível não deve ser, mas eu não to com tempo pra reinventar a roda.

Como Fazer Brigadeiro Gourmet

Eu uso  o kit, pote de pasta, castanhas para envolver e dá-lhe leite condensado e manteiga, mexe até desgrudar da panela, deixa esfriar num prato. Faz bolinhas com as mãos umedecidas em água, isso mesmo, água, nada de manteiga. Coloca a bolinha num outro prato cheio de farinha de castanhas, granulado belga, lascas de amêndoas, lembrando sempre que sua cobertura tem que combinar com o sabor do brigadeiro.

Sobre os Ingredientes

Essas pastas são caras, cerca de 80,00 a 100,00 dinheiros num pote de pouco mais de um quilo, essa loja que encontrei tem potes de 150grs que conferem um sabor gourmet até 3 latas de leite condensado, que vai te render aproximadamente 60 doces.

Não se esqueçam que pra ser gourmet tem que ser na forminha numero 4, se possível marrom dentro e fora, os doces devem ficar em berços dentro das embalagens para evitar que corram no trajeto. Existe todo um cuidado por trás do tal brigadeiro gourmet. Vale a pena?

Claro que vale, é uma porção pequena, com um sabor único e dá para variar muito, acredito que já existam mais de 50 sabores de brigadeiros nesse estilo.

Edições do Post

Como esse post foi um sucesso no meu outro blog e ainda é record de visualização, trouxe ele pra cá e estou editando para deixa lo mais completo. 

Esse texto foi postado originalmente no Eu Sei Disso no dia 14/01/2013, e teve mais de 100 comentários entre dicas e perguntas que vou editar aqui para facilitar a vida dos leitores.

  • A pasta italiana eu uso a Delipaste da Fabbri, é importada, claro, se é italiana, é cara, mas é super saborosa, estou aprendendo a utiliza la em bolos agora, originalmente essas pastas eram utilizadas para fabricação de sorvetes.
  • Compro sempre na loja Santo Antônio que inclusive vende fracionada e tem loja on line.
  • A pasta pode e deve ser adicionada no final do preparo, alguns sabores (cítricos) talham se aquecidas em altas temperaturas, assim que o brigadeiro der ponto, retire do fogo acrescente uma colher de sopa de pasta italiana no seu sabor preferido e mexa bem, volte ao fogo por alguns segundos e despeje num recipiente limpo e seco.
  • Alguns sabores de pasta dá para usar uma quantidade  menor pois tem sabor mais marcante.
  • Acrescentar uma colher de sopa de glucose de milho á massa ajuda a aumentar a validade do doce, a glucose evita que o brigadeiro açucare.
  • O peso final do brigadeiro já passado na cobertura é de 30 gramas.
  • O prazo de validade do brigadeiro é de 3 a 7 dias, raramente o produto estraga, ele apenas fica açucarado.
  • Algumas pessoas recomendam que o brigadeiro gourmet de verdade tenha chocolate, o ao leite ou meio amargo para sabores escuros e branco para os sabores claros. Nesse caso acrescentar 100 gramas de chocolate para cada lata de leite condensado.
  • Hoje já tem outras marcas de pastas, mas não experimentei ainda.

Brigadeiros no Better Call San:

Brigadeiro de Dadinho 

Qualquer duvida ou sugestão é só deixar nos comentários do blog. Inclusive indicações de lojas que vendem a pasta pelo Brasil.