Cookies de Triplo Chocolate – 3 vezes mais gostoso!

postado em: Bakery | 1

Essa é uma receita que todo blogueiro old school já preparou e postou no blog, esses cookies de triplo chocolate apareceram a primeira vez num episódio da Nigella e o mundo parou para cobiçar.

No episódio ela prepara os tais cookies par ama amiga triste, como minhas amigas estão todas felizes e não tem lá muitas habilidades na cozinha eu mesmo preparo para mim.

cookies de triplo chocolate

Se eu estou triste? Sim, estou. Por vários motivos, não é depressão, é tristeza e transtorno de ansiedade, ambos entraram num ciclo que parece eterno, aparentemente eu tinha resolvido o problema da pressão alta, mas ela voltou a subir então não deveria estar preparando tantos doces, mas algo precisa acontecer de bom mesmo que por pouco tempo e depois eu penso no depois.

Quem sabe numa mordida e outra a solução dos meus problemas não aparece?

Estou fazendo terapia, e mesmo que a psicóloga diga que estou evoluindo muito e que o processo é bem lento não vejo grandes resultados, quero tudo pra ontem, sei bem como resolver minha situação e infelizmente não depende só de mim, ou talvez dependa, sei que cada vez me sinto mais no fundo do poço e toda vez que tento sair afundo mais.

Desculpem pelo desabafo, hoje foi um dia excepcionalmente triste, de zero a dez, sendo zero um dia que eu nem vejo passar e dez um dia que demora e no qual faço coisas que me envergonho hoje foi 11, precisava mesmo de algo forte pra amenizar a dor e não poderia ser bebida alcoólica, ganhei mais uma semana de antibióticos.

A primeira vez que fiz esses cookies foi em 2010 e de lá pra cá só ficaram mais gostosos. Já acrescentei de tudo na massa, aveia, nozes, pistache, chocolate branco, MMs, passas e neste ultimo adicionei mini dadinhos, isso mesmo, na ultima edição da APAS ganhei um pote de mini dadinhos, lançamento da marca, a pedido das confeiteiras para decorar bolos que eu usei para rechear meus cookies de triplo chocolate agora duplamente recheados.

cookies de triplo chocolate

A propósito já realizei tentativas recheando os cookies com algo cremoso, como creme de avelãs, brigadeiros, doce de leite… Ainda não deu muito certo, não ficou com a aparência desejada e o doce do centro migrou para o fundo e caramelizou por baixo, nada que todos não comessem até o ultimo cookie da assadeira, mas ainda não está perfeito para compartilhar, até lá ainda haverão muitos cookies no Instagram fazendo todos me odiarem um pouco hehehehe.

Print Recipe
Cookies de Triplo Chocolate
cookies triplo chocolate
Refeição Bake
Cozinha Americana
Tempo Preparação 30 minutos
Porções
unidades
Ingredientes
Refeição Bake
Cozinha Americana
Tempo Preparação 30 minutos
Porções
unidades
Ingredientes
cookies triplo chocolate
Instruções de preparação
  1. Derreta o chocolate e reserve.
  2. Na tigela da batedeira coloque a manteiga e os açúcares com a baunilha. Bata bem até ficar um creme.
  3. Misture os ingredientes secos e reserve.
  4. Acrescente o chocolate derretido ao creme de manteiga, bata novamente.
  5. Junte o ovo gelado e bata mais um pouco.
  6. Adicione os ingredientes secos e bata rapidamente, junte as gotas de chocolate, misture.
  7. Com a ajuda de duas colheres ou uma colher de sorvete faça bolas de massa numa assadeira forrada com papel manteiga.
  8. Leve para assar em forno médio alto pré aquecido.
  9. Quando já estiver em formato de cookies mas antes de ficarem prontos, acrescente mais recheio, no caso mini dadinhos.
  10. Volte para o forno por mais alguns minutos. Leva em média 8 minutos para ficarem assados, eles saem do forno parecendo que estão crus.
Compartilhar

 

 

 

Diversidade e Inclusão na Publicidade -Dia Dos Namorados Sem Casal Gay

postado em: Propaganda e Marketing | 0

Publicitário hoje em dia espera o dia dos namorados só pra ver se ainda vai ter polêmica, afinal as redes sociais são o termômetro do consumidor, nas redes temos respostas rápidas e eficientes sobre nossos questionamentos.

Uma das primeiras coisas que é ensinada na faculdade de publicidade é a elaborar um briefing, para quem não sabe, um briefing é um documento onde constam todas as informações da marca ou produto que será divulgado, bem como todas as regras da campanha e o PUBLICO ALVO.

Reserve essas informações para usarmos mais adiante.

Esse post não é uma receita do que deve ou não ser feito em campanhas publicitárias, é um pensamento de uma profissional da área e consumidora hétero até então, amiga de consumidores homo e que através de uma pequena amostra avalia propagandas e comportamento do publico alvo ou não nas redes sociais.

Nesta semana acompanhei diversas campanhas de produtos e marcas voltados para o dia dos namorados e notei que desde a  polemica do Boticário de 2015 várias outras marcas aproveitaram a abertura para incluir toda a diversidade de casais apaixonados em seus comerciais.

Dia dos namorados

A inclusão vem ocorrendo não só próximo ao dia dos namorados e muitas outras marcas estão fazendo propaganda cada vez mais voltadas às minorias ( que poucos se deram conta que juntos são a maioria), pessoas que até então eram excluídas e não se identificavam com modelos impostos.

Outras marcas reviram todo o seu conceito como a Skol que aboliu de vez mulheres semi nuas servindo homens nas campanhas e ainda pedem para que caso alguém ainda guarde algum resquício desse malefício a sociedade que seja devolvido a empresa para descarte com direito a um reposter totalmente novo e inclusivo. Neste link você pode notificar a empresa.

Avon, Lacta, Gol, Unilever, C&A, são alguns exemplos de marcas que resolveram entrar nessa, também perceberam a importância de abranger esse publico.

As marcas argumentam dizendo que apenas retratam a realidade, não estão expondo intimidades, nem constrangendo com uma realidade aumentada, é o que acontece diariamente e porque não representar esses fatos nas peças?

Em meio a tanta diversidade, tantas empresas ampliando seu publico algumas preferem não criar polêmicas e não retratar todos os casais, o que é um direito da marca sim e da mesma forma que temos que respeitar a inclusão temos que respeitar o direito da marca de optar não incluir.

dia dos namorados

Isso é previsto no briefing, lembra que falei dele lá no inicio? O briefing da Riachuelo nesse dia dos namorados não contemplava casais gays, o motivo talvez nunca saberemos, fica somente a pergunta, a que preço?

O publico já está reclamando a falta de diversidade da campanha, eu sei que falamos de internet onde ninguém passa imune a haters, porém existe uma mudança de comportamento do consumidor que agora está se acostumando com a diversos casais no intervalo da novela ou no vídeo exibido antes do seu youtuber favorito da semana.

Perceber que tal marca não incluiu faz pensar que é contra, ou que talvez não esteja interessada nesse publico. Achei estranho, pois o caminho já foi aberto, já há uma trilha a ser seguida, logo uma marca de roupas que se parar para analisar, o publico gay deve consumir mais até que o publico feminino, não tenho esses dados, apenas observo alguns amigos que compram roupas quase que semanalmente enquanto eu, bom eu não sou exemplo de nada, mas compro uma brusinha nova a cada dois meses e olhe lá!

Os estudos do comportamento do consumidor em relação a inclusão ou a falta de são bem recentes, mas em 2014 a maioria dos consumidores diziam não se incomodar com a presença de casais gays nas campanhas. Também me lembro de ter lido em algum lugar que O Boticário em 2015 teve um leve crescimento nas vendas na época do dia dos namorados, nada muito significativo, mas que só indica que a manifestação de boicote a empresa não deu certo.

rumores que o publico LGBT faça um boicote devido a falta de representatividade da campanha que acredito que possa dar mais certo que o anterior,mas só saberemos daqui há um tempo. Por enquanto em casos de dúvida a melhor opção é incluir, diversificar, já passamos muito tempo fazendo vistas grossas, sendo preconceituosos e todos, gostem ou não essa é a realidade e nada disso começou há dois anos, já vem de décadas de repressão e falta de representatividade. Pense nisso e não seja a marca que exclui, nem a que se omite para evitar polêmicas.

 

Mix de Brownie – Brownie no Pote

postado em: Bakery | 1

Testar receitas de doces é uma das melhores coisas da vida, quando encontrei essa receita de brownie com tão poucos ingredientes, numa noite de sábado que eu lembrei que não tinha nada de chocolate em barra, não pensei duas vezes, era pegar ou largar.

mix de brownie

Pra quem não sabe tenho um álbum no Pinterest só com receitas de bolo de chocolate para traduzir e postar, mas sempre por pressa ou esquecer de providenciar um ou outro ingrediente eu acabo não fazendo ou não postando a receita traduzida. Havia acabado de salvar uma receita do blog e nos posts relacionados lá estava esse mix de brownies, olha o marketing impactando.

Não só fiquei mais tempo no blog mas também salvei várias receitas e agora aqui compartilho o link original da receita.

Achei muito interessante deixar o mix de ingredientes secos já em potes prontos pra hora da fome de doce, perfeito para dar de presente aos amigos, para o  filho, para o  vizinho, para os professores…

Recomendo colocar uma etiqueta com os ingredientes que precisam ser adicionados ao mix e também os que já estão lá, assim como o modo de preparo que nesse caso é bem simples, tão simples que gera duvidas, ainda mais se comparada a receita e modo de preparo do brownie original.

ingredientes para o preparo de brownie

Pensando nisso, preparei também um rótulo que pode ser impresso em papel adesivo,  e se for preparar para presentear colocar no pote.


O pote utilizado aqui foi reciclado, se for para seu consumo próprio, sem problemas, se for presentear é melhor usar uma tampa nova ou avisar do tempo de validade mais curto, devido a pressão da tampa.

brownie no pote

Essa versão eu fiz com confetes de chocolate, mas fica a sugestão de usar gotas, seu chocolate preferido picado grosseiramente, nozes, castanhas ou um mix de tudo isso. Se achar pouco o “recheio” pode acrescentar mais num saquinho a parte ou em outro vidrinho e arrumar tudo junto numa caixa para presente. Eu que não iria achar nem um pouco ruim ganhar um pote de brownie de presente!

Print Recipe
Mix de Brownie
Mix para preparo de brownies recheados.
mix de brownies
Cozinha Americana
Porções
brownies
Ingredientes
Ingredientes que vão para o pote
Ingredientes para finalizar o brownie
Cozinha Americana
Porções
brownies
Ingredientes
Ingredientes que vão para o pote
Ingredientes para finalizar o brownie
mix de brownies
Instruções de preparação
  1. Peneire todos os ingredientes secos, misture bem e acondicione em pote hermético por até 3 meses.
  2. Quando for preparar o brownie adicione os ingredientes restantes numa tigela, misture bem e leve ao forno em assadeira quadrada de 20 cm untada e polvilhada cacau em pó.
    brownie na forma
Notas da Receita

Um dos segredos do brownie é retirar do forno um pouco antes dele estar completamente assado ou se tornará um bolo, não é ruim, mas perde a característica principal de ter casquinha por fora e ser cremoso por dentro.

Compartilhar

Sanduíche de Falafel

postado em: Briefing Vegano, Marmitas | 1

Falafel é uma das minhas receitas favoritas, já gostava antes agora nessa fase de transição não pode faltar.

Não é segredo pra ninguém que aqui em casa comecei com a segunda feira sem carne e hoje já fazemos quase a semana toda vegana/vegetariana. Só não estou “convertida” de vez por dois motivos, um deles é a confeitaria que durante muito tempo me ajudou a pagar as contas e não dá pra mudar do dia pra noite e dizer que só faço doces veganos, muito embora seja essa a minha vontade.

receita vegana

Outro motivo são os meninos, embora não sejam grandes fãs de carnes eles ainda pedem alguma preparação e ou acabam consumindo sem saber, como no dia que o João foi no mercado e comprou hambúrguer industrializado porque achou que só tinha carne no caseiro, ele não está totalmente errado, já botaram de tudo no nosso hambúrguer, de minhoca a papelão, carne mesmo deve ter bem pouco. Foi numa dessas que fiz uma proposta de fazer diversos hambúrgueres para experimentarmos.

A receita de hoje não é hambúrguer mas é lanche e delicioso, para os mais incomodados com os veganos, é uma receita original, não foi transformada, até porque se eu quiser eu transformo tudo e chamo como eu quiser, é meu, paguei pelos ingredientes e se eu quiser chamar um bolinho chato de grão de bico de hambúrguer eu chamo.

receita vegana

 

Nessa hora cairia muito bem aquela frase do filme dos tons de cinza “Eu tenho gosto muito peculiares, você não entenderia” Eu adoro grão de bico, berinjela, quiabo, lentilhas, ervilhas… Não está sendo nem um pouco difícil me livrar das carnes no dia a dia.

Falafel é um salgadinho originário do Oriente médio. Consiste em bolinhos fritos de grão-de-bico ou fava moídos, normalmente misturados com condimentos como alho, cebolinha, salsa, coentro e cominho, ouso dizer que é primo irmão do nosso acarajé, que é a próxima receita que vou testar com direito a todos os recheios possíveis.

Já fiz dos dois jeitos com grao de bico cru e cozido, com o cru foi mais fácil e ficou mais gostoso, em ambos os casos deve se deixar o grão de molho por pelo menos 8 horas e a água do molho deve ser desprezada.

Print Recipe
Sanduíche de Falafel
Bolinhos fritos de grão-de-bico, normalmente misturados com condimentos como alho, cebolinha, salsa, coentro e cominho.
falafel
Refeição Sanduíche
Tempo Preparação 1 hora
Tempo Cozedura 8 horas
Porções
Porções
Ingredientes
Refeição Sanduíche
Tempo Preparação 1 hora
Tempo Cozedura 8 horas
Porções
Porções
Ingredientes
falafel
Instruções de preparação
  1. Com exceção do óleo bata todos os ingredientes no processador e deixe descansar, acrescentando um pouco mais de amido se necessário.
  2. Deixe o óleo bem quente, para testar use um palito de fosforo,quando acender está no ponto.
  3. Modele os falafels utilizando duas colheres de sopa. Acomodando os no óleo quente.
  4. Deixe fritar bem e vire. Não coloque muitos bolinhos de uma vez pois se o óleo esfriar os bolinhos começam a esfarelar.
  5. Retire do fogo e deixe escorrer sobre papel absorvente.
Notas da Receita

Para prepara o sanduíche pode usar o pão pita que eu já dei a receita aqui, ou aqueles discos de massa pronta que vende no mercado.

Junte folhas verdes, um vinagrete, pepino picado e molho de tahine que eu também comprei pronto.

É uma refeição completa, super proteica e sem sofrimentos.

É possível preparar falafel para levar na marmita, basta deixar cada coisa em potes separados.

Compartilhar

A Páscoa, o Chocolate, o Coelho, o Ovo e o Marketing

postado em: Propaganda e Marketing | 1

Se a gente deixar de lado o condicionamento a que somos submetidos desde a infância a Páscoa parece filme de fantasia e dos bem ruins porque não faz sentido. O título do post A Páscoa, o Chocolate, o Coelho, o Ovo e o Marketing lembra muito uma das cronicas de Nárnia com a diferença de que entrar por guarda roupa e sair num reino fantasioso é mais coerente que comemorar a Páscoa e reproduzir todos esses rituais que nem imaginamos porque são realizados.

Sem duvida não há projeto de marketing mais bem sucedido que ovos de chocolate na ressurreição de Cristo. Eu não sou ingenua a ponto de acreditar em nenhuma data comemorativa seja religiosa ou não, todas, tem o intuito de aquecer as vendas, girar o capital, gerar lucro.

ovos de pascoa

Com certeza as datas mais lucrativas são as religiosas, junto a febre do comércio e a necessidade de fazer seguir o fluxo também há o medo do inferno.

A TV, as escolas, as igrejas, ensinam a lição direitinho e por mais que há alguns anos a igreja católica tenha pregado a humildade ainda que hipocritamente, ninguém quer abrir mão do seu chocolate num lindo domingo de outono, aqui no Brasil, e escrevo isso degustando meu ovo de chocolate de colher recheado com Ninho e Nutella, afinal eu posso não entender de onde fizeram essa associação de uma coisa com a outra, mas gosto de doces e pra não ficar de fora, ou seja sem meu chocolate aprendi cedo a fazer ovos de chocolate, aprendi tão bem que já cheguei a transformar 100 quilos de chocolate em barra em ovos de Páscoa em dez dias.

o marketing da páscoa

Hoje, depois de 40 anos comendo chocolate como se não houvesse amanhã por alguns dias no ano resolvi ir mais a fundo na minha pesquisa e encontrei uma resposta plausível. A Páscoa que conhecemos hoje surgiu de uma festa pagã e da comemoração judaica. A igreja e a politica, sempre ela, moldaram a comemoração para ficar como é hoje, atendendo a interesses deles mesmos.

Quem quiser entender de onde saiu tudo isso pode ler as páginas 48, 49, 50 e 51 do livro A Igreja de Troia de Robson Brumatti, disponível neste link.

O que me deixou mais abismada era a crueldade com as lebres e de onde veio a musiquinha do “coelhinho da pascoa, o que trazes pra mim…”

Porque eu resolvi pesquisar isso este ano? Ora, porque estou cursando publicidade e desconstruindo campanhas, imaginando briefings, pensa comigo, o povo ta todo lá fazendo festa, matando lebres, assando pães sem fermento, preparando doces e bolos no segundo domingo depois da lua nova de primavera, me perdoem se estiver errado, é muita coisa pra decorar, o povo antigamente não tinha internet, não dava pra se distrair senão criar deuses e deusas e fazer festas para elas. Mas voltando ao raciocínio, aquela festa toda, mulheres prevendo o futuro nas entranhas das lebres e o Papa e os políticos imaginando como tirar proveito disso, certeza que pensaram antes num ovo de cimento pra ter incentivo da Odebrecht mas só venderia muito nos primeiros anos, depois apareceriam youtubers customizando os ovos para reciclar, o ovo seria praticamente inquebrável, atravessaria gerações, precisava ser de algo que não durasse muito, que fizesse salivar, que não fosse fácil de reproduzir em casa e quem tentasse estivesse amaldiçoado a conviver com manchas no teto até a próxima pintura da casa. Assim criou se o Ovo de Chocolate.

ovos de páscoa

Eu não sei onde, nem quando nem quem fez o primeiro ovo de chocolate, mas que marketeiro da porra é essa pessoa, pensou em tudo, TU DO!

Já tentou fazer ovos de páscoa em casa? Pois então tente, hoje eu faço tranquila, mas há vinte anos era um sofrimento pra dar ponto no chocolate, encontrar formas, materiais necessários para embalar, receitas…

Já tentou transportar um ovo de páscoa, e um ovo de colher? É a maior penitencia que alguém pode fazer, se alguém carregar um ovo de chocolate pra você esse é pra casar, ainda mais se foi de ônibus ou transporte publico.

Ganhei um ovo essa semana e foi uma loucura faze lo chegar em casa ainda parecendo um ovo, se você segura firme e junto ao corpo ele derrete, se segura pelo papel ele pode cair e quebrar ou ficar todo torto na embalagem é literalmente se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Alguns dias depois levei alguns ovos para a faculdade, e me aventurei de ônibus, que loucura, que viagem, não tem sacola no mundo que segure um ovo de colher alinhado no transporte.

o marketing do ovo de páscoa

Isso sem falar nas embalagens, tudo muito esparafatoso, brilhante, pés, papeis, laços, qualquer coisa para agregar glamour e dificuldade ao presente. Nunca uma pessoa paga tão caro por cem gramas de chocolate, sem exagero fica valendo o mesmo que ouro em algumas lojas. Que negócio!

Mesmo modificado, recheado, em latas, caixas, sacos só faz valorizar e com o detalhe de ter seu interior oco podendo ser preenchido com outros presentes, de miniaturas de automóveis até anéis de noivado passando por preservativos e os tradicionais brinquedos infantis. Não é a toa que as lojas estão parcelando em dez vezes, a pessoa compra o panetone ainda pagando o chocolate da Páscoa.

Esse é o sonho que todo marketeiro: Ovos de Páscoa, um sucesso há décadas e por mais séculos e séculos amém!

 

 

Agora é possível publicar no WordPress com o Google Docs

postado em: WordPress | 0

Recebi hoje um e mail do Jetpack falando sobre a integração entre o WordPress e o Google Docs. Para quem não conhece o Jetpack é um plugin super completo que promete resolver tudo o que você precisa no seu WordPress.

Uso esse plugin já  há um bom tempo, como ferramenta de trafego, compartilhamento de conteúdo, backups e outras funcionalidades, é realmente bem completo. Qual não foi minha alegria ao saber que agora também está integrado ao Google Docs!

Para quem não tem o hábito de usar o Google Docs tenho que falar que é incrível, já finalizei trabalho da faculdade no ônibus e mandei imprimir apenas compartilhando com a gráfica, se não fosse essa praticidade toda não teria entregado o trabalho, sem contar que  é possível elaborar planilhas, apresentações, salvar imagens, pastas e ainda compartilhar com outras pessoas que podem de apenas ler o conteúdo como também editar e fazer download, se fosse necessário, poderia ainda pedir ajuda de outros integrantes do grupo para finalizar o texto a caminho da faculdade.

Agora já pensou conseguir fazer um post para o blog na hora do almoço, captar imagens com o celular já incluir no texto, deixar tudo pronto só para postar com o WordPress?

Google Docs para WordPress

É  disso que estou falando, de qualquer local que conseguir usar o e mail do Google é possível fazer um post, compartilhando com apenas um click.

Para instalar essa funcionalidade é preciso clicar na página do complemento aqui e clicar em “Gratuíto” feito isso o próprio aplicativo vai te induzindo a finalizar a instalação.

Em seguida, clique no menu “Add-ons”, selecione “WordPress.com para Google Docs”, e clique em “Abrir”. Uma barra lateral aparecerá de onde você pode conectar tantos sites WordPress como você quiser, desde que você tenha Jetpack instalado (ou se eles já estão hospedados no WordPress.com).

Depois de ter um site conectado basta clicar no botão azul “Salvar Rascunho” para enviar instantaneamente o conteúdo do seu Google Doc diretamente para o seu site onde ele será salvo como um rascunho.

É possível instalar vários blogs WordPress, basta ter o plugin Jetpack instalado e ter um e mail do Google, claro!

Segue aqui o link para a matéria do Jetpack está em inglês mas é bem fácil de entender.

 

 

 

 

Pão de Hambúrguer Vegano {sem leite/sem ovos}

postado em: Briefing Vegano | 1

Acho que mais difícil que encontrar preparações veganas é encontrar pães veganos, pelo menos na internet é. Todas as receitas levam muitos ovos, manteiga e leite, tudo o que estou tentando evitar.

pão de hamburguer sem lactose

Depois de algumas tentativas frustradas, algumas horas de pesquisas e simulações eu cheguei nessa receita de pão de hambúrguer vegano perfeita, macia, fofinha, saborosa, uma delicia!

É uma receita bem simples, com ingredientes fáceis de encontrar e um processo de preparo que qualquer pessoa que queira consegue fazer, não requer pratica nem habilidade.

Mais difícil vai ser comer um só!

 

Print Recipe
Pão de Hambúrguer Vegano {sem leite/sem ovos}
Receita de pão de hambúrguer sem leite e sem ovos.
pão de hamburguer sem lactose
Refeição Sanduíche
Cozinha Americana
Tempo Preparação 20 minutos
Tempo Cozedura 35 minutos
Tempo passivo 120 minutos
Porções
unidades
Ingredientes
Refeição Sanduíche
Cozinha Americana
Tempo Preparação 20 minutos
Tempo Cozedura 35 minutos
Tempo passivo 120 minutos
Porções
unidades
Ingredientes
pão de hamburguer sem lactose
Instruções de preparação
  1. Coloque os ingredientes numa tigela e vá misturando bem até precisar sovar, a massa fica bem grudenta, mas sove bem.
  2. Use azeite para desgrudar a massa das mãos e da mesa. Faça um bola e deixe crescer coberto por 40 minutos.
  3. Após a massa dobrar de volume, sove novamente e faça bolas do mesmo peso de massa para que todos os pães fiquem do mesmo tamanho.
  4. Você pode fazer uma cinta com papel alumínio dobrado e prender com um clips para que os pães fiquem mais altos, como na imagem.
    Pão de hamburguer vegano
  5. Deixe crescer mais uma vez e leve para assar em forno quente por mais ou menos 35 minutos. Deixe esfriar sobre uma grade.
Notas da Receita

Esta receita deu muito certo, poucas vezes consegui fazer um pão tão leve e saboroso como esse, pode e deve ser consumido por quem não é vegano. É apropriado para quem tem intolerância a lactose, pois não leva nada de leite.

Compartilhar

Panqueca Americana {Pancake Day}

postado em: Bakery | 0

Está comprovado que 12 entre 10 pessoas do mundo gostam de panquecas. Se não for no café da manhã, pode ser no brunch, no almoço, no jantar, até na dieta Dukan, proteica, vegana,  tem uma sempre receita de panqueca para ninguém se sentir abandonado.

panqueca

Essa receita é muito pratica, uma receita tradicional,  a minha preferida. Para agilizar ainda mais o processo eu junto 6 receitas dos ingredientes secos, misturo bem e quando vou preparar separo uma xícara bem cheia desse mix, junto um ovo batido com 3/4 de xícara de leite e 1 colher de sopa de manteiga derretida. Não tem segredos.

O Pancake day ( dia da panqueca)  é comemorado na terça feira de carnaval, ou seja um dia antes da quarta feira de cinzas, antes do inicio da quaresma quando segundo algumas religiões não se deve comer carne e seus derivados, muitos dos ingredientes das panquecas, ovos, leite e manteiga. Por aqui na terça de carnaval todos estão mais preocupados em se divertir, sair atrás de algum bloco, mas uma hora vai ter que voltar pra casa e vai dar fome, que tal ter essas panquecas prontinhas pra só aquecer e comer quando chegar?

Ou então preparar essas panquecas com bacon e ovos pra ter um café da manhã bem caprichado e aguentar o dia inteiro de folia?

Tanto faz o motivo a dica é: faça essa panqueca!

panqueca

Para o recheio e cobertura eu uso o que tem em casa, desde leite condensado até geleia de frutas caseiras, passando por buttercream, nutella e sorvetes.  Pode se acrescentar aveia ou farinha de aveia para deixar a receita mais saudável. Para uam receita mais divertida adicione granulado colorido, para uma panqueca mais incrementada adicione gotas de chocolate.

No café da manhã sirva com ovos e bacon bem sequinho.

Essas panquecas se encaixam bem em qualquer refeição.

Se preparar posta uma foto no instagram com a hastag #bettercallsan

 

Print Recipe
Panqueca Americana
Receita de panqueca americana aquela que fica mais fofinha e lembra muito uma camada de bolo.
panqueca
Cozinha Americana
Tempo Preparação 15 minutos
Tempo Cozedura 15 minutos
Porções
porções
Ingredientes
Cozinha Americana
Tempo Preparação 15 minutos
Tempo Cozedura 15 minutos
Porções
porções
Ingredientes
panqueca
Instruções de preparação
  1. Antes de começar o preparo derreta a manteiga na frigideira onde vai assar as panquecas. Reserve. Misture os ingredientes secos numa vasilha, eu gosto de usar uma jarra medidora para facilitar despejar a massa na frigideira. Bata o leite com o ovo, pode ser na xícara onde mediu o leite mesmo. Junte aos ingredientes secos, acrescente a manteiga e misture bem. Aqueça a frigideira e comece a assar as panquecas em fogo baixo. Despeje uma porção pequena de massa, espalhe em círculos e deixe selar. A massa vai borbulhar e assim que formar uma pelicula por baixo, vire com auxilio de uma espatula. Deixe assar bem do outro lado Essas panquecas são mais altas que as tradicionais, por isso precisam ser assadas em fogo baixo para que o centro fique bem cozido. Coloque num prato e repita a operação até o fim da massa. Sirva com o recheio de sua preferencia.
Notas da Receita

Sugestões de recheios e coberturas:

  • Leite condensado
  • Nutella
  • Cream cheese
  • Geleia de Bacon
  • Geleias de frutas
  • Queijos
  • Chantilly
  • Sorvetes
  • Buttercream
  • Mel
  • Brigadeiros
  • Cremes de recheios de bolo

Use a sua criatividade  e o que tem em casa.

Para acondicionar o mix para panquecas use um pote hermético, por até 40 dias.

Compartilhar

Bolo de Chocolate Sem Farinha { sem glúten}

postado em: Bakery | 1

Todos os dias aumenta a procura de receitas sem glúten e sem lactose, seja para uma dieta mais eficiente ou por questões de intolerância ou alergia. Esse bolo de chocolate sem farinha eu procurei porque fiz leite de coco caseiro e precisava de uma receita para usar o coco ralado que sobrou.

Esse bolo de chocolate sem farinha eu fazia há muitos anos uma receita um pouco diferente, que eu lembro os ingredientes mas não lembrava as quantidades, então achei melhor pesquisar pela internet, mais precisamente no Pinterest me segue por lá também, salvo todos os dias um milhão de coisas que um dia ainda vou fazer ( sonho meu).

Bolo de chocolate sem farinha

Voltando ao bolo de chocolate,  ele fica macio, fofinho, molhadinho, tudo de bom. Mas é bom prestar atenção, ele não tem farinha, mas se na sua cozinha você faz receitas com farinha ele compartilha traços de glutén, é preciso fazer todo um trabalho de limpeza para ser indicado a celíacos por exemplo, assim como estar atento aos outros ingredientes como chocolate em pó, fermento e até o coco ralado para ver se também não contém traços.

Depois de terminar a receita descobri que pode ser preparada com óleo e leite de coco, deixando a receita sem lactose também, já que leva manteiga em sua preparação. Prometo testar a receita sem lactose e contar para vocês assim que tiver o resultado.

Bolo de chocolate e coco sem farinha

Lápis e papel na mão? Vamos a receita do tão desejado Bolo de Chocolate sem Farinha

 

Print Recipe
Bolo de Chocolate sem Farinha
Receita de bolo de chocolate com coco ralado sem adição de farinha de trigo a massa.
Bolo de chocolate e coco sem farinha
Tempo Preparação 15 minutos
Tempo Cozedura 40 minutos
Porções
pessoas
Ingredientes
Massa
Cobertura
Tempo Preparação 15 minutos
Tempo Cozedura 40 minutos
Porções
pessoas
Ingredientes
Massa
Cobertura
Bolo de chocolate e coco sem farinha
Instruções de preparação
Massa
  1. O preparo da massa não tem segredo e só colocar tudo no liquidificador na ordem da receita e bater tendo o cuidado de estar tudo homogenizado. Após bater a massa, despeje em assadeira untada e polvilhada cacau em pó pro bolo ficar mais pretinho. Leve para assar em forno médio por mais ou menos 40 minutos Não deixe assar demais pra não ficar seco. Deixe o bolo esfriar um pouco sobre uma grade, desenforme e prepare a cobertura.
Cobertura
  1. Leve os 3 primeiros ingredientes ao fogo, mexendo sempre até formar uma calda grossa, junte o leite aos poucos. Continue mexendo sempre até o ponto de brigadeiro. Retire do fogo e mexa por mais dois minutos, despeje sobre o bolo.
Compartilhar

Dia da Gula: Comemore com 7 Receitas De Deixar Com Inveja Qualquer Pecado

postado em: Bakery, Crônicas | 3

Um dos 7 pecados capitais, a gula é sem dúvida o pecado mais cometido diariamente, tanto que tem um dia só pra ela. Não conheço o dia da Ira, nem tão pouco o dia da Luxuria, se tiver me avisem que preciso comemorar também!

Pensando em aproveitar ao máximo esse dia, separei 7 receitas para comemorar a Gula, sem deixar os outros pecados com Inveja:

Nhoque

dia da gula

Gula com Avareza

 Nhoque da Fortuna – Receita baratinha que com fé ajuda a trazer uma graninha, ainda mais se esperar mais 3 dias pra fazer e consumir no tradicional dia 29, eu comeria hoje e dia 29 também.A unica receita salgada da lista, reúne dois ingredientes mais delicias do mundo: batata e queijo.

Grand Gateau

grand gateau

 

Gula com Soberba

Grand Gateau  – Esse era pra ser só um petit gateau, mas não, ele tem que ser melhor que os outros, ele é grande, ele é plus, ele é extra cremoso, ele não leva uma bola de sorvete, ele leva um picolé metido a besta e todas as coberturas e acompanhamentos possíveis e imagináveis. Dizem que é impossível comer sozinho, encontre seu par e deguste essa delicia!

Donuts

dia da gula

 

Gula com Vaidade

Donuts – Quem é guloso sabe que aparência é tudo na hora de comer, esses donuts não são só lindos tem também o visual perfeito, a gente olha e já fica com vontade de dar uma mordida quando a gente se dá conta já comeu a receita inteira e no final não ficamos lindinhos, fofinhos igual aos donuts.

Lamington Cake

Dia da Gula

 

Gula com Ira

Lamington Cake – Esse bolo é uma das minhas guloseimas preferidas, mas sempre que faço passo raiva com a receita, ou porque acaba a calda de cobertura e sobra massa, e tem que fazer mais calda quando na verdade eu queria só sentar e comer, ou então porque eu to lá fazendo, toda dedicada e os meninos passam toda hora e pegam um, vai dando uma raiva terminar de banhar os bolos e saber que não vai ter nem 5 pra comer na sequencia.

Pavlova

dia da gula

 

Gula com Luxuria

Pavlova da Paixão – Só de olhar pra carinha desse doce já dá pra entender porque com luxuria, eu ainda sugiro pra acompanhar uma taça de champanhe do bom, só pra sentir na língua todas as texturas e sabores desse pecado. Essa sobremesa é quase uma pornografia culinária.

Doce de Leite

dia da gula doce de leite

 

Gula com Preguiça

Doce de Leite na Pressão – Bom, minha mãe sempre dizia que quem é preguiçoso trabalha dobrado, essa receita é super fácil, mas não fica pronta em menos de três horas. São só dois passos que demoram esse tempo todo, colocar pra cozinhar e esperar esfriar. Enquanto esfria você pode dormir, por exemplo. E aí, vai arriscar?

Bolo de Chocolate

dia da gula

 

Gula com Gula

Bolo Chocolatudo de Kit Kat e MMs – Esse é o simbolo máximo da gula do ser humano, tanto que a pessoa aqui até pensou em rechear com camadas de Nutella e polvilhar Ovomaltine entre as camadas para ficar mais guloso ainda, fica a dica para comemorar o dia da Gula em grande estilo, com a mair quantia de chocolate possível e em todas as suas formas.

 

Claro que como todo pecado, gula pouca é bobagem, escolha seu pecado e comemore com as receitas preferidas dos gulosos aqui de casa!

 

 

 

1 2 3 4 10