10 lugares que eu iria mais se tivesse Trolebus e 1 motivo porque Santo André é melhor que São Caetano

postado em: 10 coisas | 0

“O trólebus é um veículo com emissão zero de poluentes movido por tração elétrica.” Fonte: http://www.emtu.sp.gov.br/emtu/empreendimentos/projetos-de-desenvolvimento-tecnologico/trolebus.fss

Justamente por ser elétrico, precisa de corredores e grande avenidas para trafegar, não consegue circular pelo interior dos bairros. Ontem fui ver um amigo do interior de São Paulo que estava no Morumbi e não pensei duas vezes, nem trem, nem metrô, muito menos táxi ou uber, disse logo: Vou de Trólebus!

metra_trolebus_02

Fiz uma rápida pesquisa no mapa e lá vamos nós. Em uma hora e meia eu sai de Santo André em horário de pico e cheguei no Morumbi, gastando apenas quatro reais de passagem e desfrutando do mais perfeito e delicioso ar condicionado. Até o wi fi do trólebus funcionava, só faltaram tomadas para recarregar os celulares, fica a dica pro pessoal da EMTU, além dos 10 locais que precisam de trólebus urgente na porta, vamos equipar os veículos com tomadas!

Muitos vão pensar, mas uma hora e meia ainda é muito tempo. Eu respondo, é sim, mas não tem tempo nem distancia para rever os amigos e eu que não sou preguiçosa, não com wi fi e ar condicionado, fui mesmo e iria outra vez.

corredor_abd_grande

Durante a viagem, eu poderia ter lido um livro, ter beliscado alguns snaks, ter resolvido uma ou duas fórmulas de bhaskara, cantado Faroeste Caboclo, mas não, fiquei apenas pensando em locais que poderia ter  o tão amado, idolatrado, salve, salve trólebus. Aí vai minha lista, você tem o direito de acrescentar locais nos comentários e de enviar o post para a EMTU, vai que…

kazebre

  1. OKazebre – Minha nossa sinhora da longa distancia a percorrer, dai me um trólebus na que passe na porta do Kazebre, nem precisa ser 24 horas porque eu ia ter que ficar mofando na estação de Santo André mesmo. Só eu sei tudo o que passei tentando ir e voltar do Kazebre, me sinto um Bandeirante desbravando a cidade, ou melhor, me sinto uma mula, fora a caminhada pela Aricanduva, é a Aricanduva a avenida do Kazebre?
  2. Distancia Alto da Serra, não você não leu errado, esse lugar é tão longe e tão fora de mão que mesmo mudando o nome você ainda se sente enganado de tão longe, mesmo eu que não vejo a hora desses sertanejos se formarem e começarem a trabalhar, de vez em quando tem show do Planet Hemp por lá e eu preciso ir, um trólebus ajudaria muito, porque mesmo dirigindo eu me perco e pra voltar é um perigo depois de algumas ou muitas cervejas.
  3. Parque Vila Lobos – Alguém do ABC já tentou ir num pic nic no Vila Lobos de trem? E de ônibus? Pois é, você já chega cansando e na hora de voltar, fora a viagem ao centro da Terra que é necessária na estação Butantã. Ouso dizer que não basta um trólebus na porta, quero também um trólebus circulando pelo parque, oh lugar grande da peiga!

maxresdefault

4. Paranapiacaba – A Silent Hill de São Paulo, quantas vezes você quis participar do bendito festival do chocolate, ou de qualquer       festival de inverno mas não foi porque não tem carro ou não quer dirigir na neblina? Tudo bem que a viagem de trem é                     romântica,  mas meu, é um trólebus, já pensou chegar lá em 40 minutos no máximo com wi fi e ar condicionado, isso se                   alguém for pra  Paranapiacaba no verão, né? Desconsidere o ar condicionado.

5. Praias do Litoral Norte – Nem me venha argumentar que os trólebus vão até o Jabaquara e de lá é só pegar um ônibus. Eu não         vou pra praias do litoral Sul. E antes que alguém me pergunte eu já respondo: Porque eu não quero! Agora sim, imagina um             trólebus confortável descendo a Mogi – Bertioga com ar condicionado no talo, wi fi pra você compartilhar um milhão de vezes no    insta gram que está a caminho da praia, veja bem eu disse praia, não esgoto. Com certeza eu faria varios bate voltas no ano, até    no inverno eu iria, até no réveillon e ainda acenaria para todos os veículos parado no transito enquanto meu trólebus desliza serra    abaixo.

6. Mercadão Municipal/25 de Março/ Zona Cerealista – quem mora em São Paulo deve estar me achando folgada, preguiçosa e           exagerada, mas eu sei o que eu to falando, quantas vezes não precisei de um pote de frutas vermelhas, de lemon peeper, ou de    um sanduíche de mortadela e não comprei porque não queria amargar horas num onibus ou fazer uma peregrinação de trem.

estadio do morumbi 7. Estádio Cicero Pompeu de Toledo – Sim o estádio do Morumbi, Salve Tricolor Paulista, mesmo tendo trólebus até o Morumbi ele     ainda está a pelo menos 7 km do estádio, já foi num show por lá e tentou voltar pra casa sem andar as mil milhas do deserto?         Pois é, eu fui, é um mar de gente e um deserto de meios de transporte, depois de caminhar quilômetros e conseguir entrar num       ônibus super apertado, quente e sem wi fi ainda fiquei em pé no mesmo ônibus parado por mais de uma hora. Em nome de toda     nação tricolor eu reivindico uma extensão da linha até o Estádio.

101426_697x437_crop_5515f0379e4998. Interlagos – Não que eu goste de fórmula 1, mas todo ano tem Lollapalooza, vai que um ano tem outro lineup igual ou melhor           que o de 2013 e eu resolvo tirar todo meu dinheiro da poupança, resgatar minha previdência, pedir demissão e fazer um                   empréstimo pra comprar um ingresso. Seria bom ter um trólebus fresquinho e direto.

9. Aeroporto – Acredito que esse seja o local que menos preciso argumentar, todo mundo que já precisou pegar um avião sabe do    que eu to falando, ainda mais se morar no ABC, ops, desculpe, ABD, porque São Caetano nem imagina pra que sirva um                trólebus. Não seja mal educado, Deus ta vendo você de Sâo Caetano, bravo e me xingando. Esse é o motivo porque Santo              André é infinitamente melhor que São Caetano, temos Trólebus!

10. Avenida Francisco Matarazzo – Tem a maior unidade do Sesc, tem o Allianz Parque que sempre tem show internacional  e tem        o Parque da Agua Branca e é longe que só! Acho que todas as minhas justificativas acima explicam bem porque tem que ter            trólebus do ABD para a Av Francisco Matarazzo.

Antes do final dessa edição ainda lembrei do Sesc Itaquera que merece menção honrosa, que mesmo morando do lado demorei mais de 3 horas pra chegar,  mas a lista são só 10 coisas, lembre de mais um local e deixe aí nos comentários!

Deixe uma resposta