Como Preparar Marmitas – Cardápio e Lista de Compras

postado em: Marmitas | 1

Como já disse aqui na semana passada, eu comecei a trabalhar, o que é ótimo, pois desde que mudei em setembro no ano passado não trabalhado muito e as contas começaram a ficar maiores que a receita e sem trabalhar não tem estratégia que de jeito para sair do vermelho. Por outro lado o tempo para dedicar ao blog ficou curto, isso que nem começaram as aulas ainda, no fim de julho com faculdade e os meninos de volta, se eu não me organizar muito bem as coisas vão ficar bem complicadas para mim.

Cardapio de marmita

Para facilitar a vida e o dia a dia, a cada semana, vou introduzir uma nova rotina, assim não fico sobrecarregada e dou conta de tudo.
Nesta semana foi a vez da marmita. No sábado eu elaborei um cardápio com preparações simples, pratos únicos, para levar na marmita. No domingo, fui ao mercado de manhã, fiz compras e quando voltei comecei uma maratona de preparação. Em 4 horas consegui preparar 4 pratos e ainda deixar o prato da quinta feira, que é feriado aqui, adiantando.

marmita da semana

Mas vamos por partes para não confundir ao invés de ajudar.

Comecei pela escolha dos pratos, eu prefiro pratos únicos,  ou que no máximo sejam servidos com arroz. Para não ficar sem uma leguminosa, acrescentei ervilhas, lentilhas e grão de bico nas receitas. Também não tive tempo de preparar e investir em legumes, usei brócolis congelado na lasanha, ralei uma cenoura na galinhada, muita cebola e alho em tudo. Não é o cardápio mais nutricionalmente balanceado, mas se eu fosse almoçar no shopping seria bem pior e muito mais caro.
Por falar em caro, usei o mesmo valor que usaria nas refeições prontas para fazer as compras.

Com essa crise não sabemos mais os preços dos alimentos no mercado, então, para não estourar o orçamento fiz um cardápio com mais pratos que o necessário, assim seguiria as ofertas e teria comida para a semana toda. Deveria fazer sempre isso, fiquei muito feliz com o resultado.

Meu cardápio ficou assim:

  • Lasanha *
  • Galinhada*
  • Quibe Assado
  • Panquecas de Carne ou Frango*
  • Capelete in Brodo*
  • Escondidinho de Pernil *
  • Estrogonofe
  • Berinjela Recheada

 A lista de compras ficou extensa, mas bem econômica:

lista de compras para marmita
  • 1 kg de carne moída
  • 1 kg de peito de frango
  • 1 lata de milho verde
  • 2 embalagens de molho de tomate
  • Pedaço de Pernil
  • Batata
  • Mandioquinha
  • Batata doce
  • Berinjela
  • Cebola
  • Alho
  • Arroz
  • Calabresa
  • Queijo mussarela um pedaço
  • Tomates
  • Azeite
  • Salsa 
  • Salsão
  • 1 bandeja de presunto
  • cenouras
  • Massa para lasanha
  • capelete de queijo 
  • brócolis congelado
  • ervilhas congeladas
  • 1 litro de leite 
Os ingredientes restantes para as receitas eu já tinha em casa. 
Gastei em compras noventa reais, um real a mais do que gastaria 5 dias na praça de alimentação no shopping. Detalhe: se almoçasse no shopping seria apenas um prato por dia, o que eu cozinhei ontem renderam pelo menos 20 porções, talvez um pouco menores que as do shopping, já que eu sempre deixo uma quantia no prato que não consigo comer, mas que são mais saudáveis, e zero desperdício.
Cozinhar a própria comida é mais que um gesto de amor, é um ato politico, outro dia falo mais sobre isso. 
Amanhã linko as receitas e falo como  me organizei tudo para preparar 20 refeições em 4 horas. 
Na quarta explico como congelar e armazenar as marmitas da semana. 
Se você está com pressa, passa lá no Minha Marmita Tem, que a Rebecca, explica tudo direitinho, todos os cuidados desde a escolha dos alimentos até como transportar, inclusive, foi lá que me inspirei para elaborar o cardápio. 

Uma resposta

  1. Sabe que apesar de toda a consultoria que tive com você sobre marmita e cardápio semanal, não consigo de jeito nenhum fazer isso né.
    Talvez se eu morasse sozinha isso funcionaria mas acho que sou desorganizada para esse tipo de agenda. Fora que meus fins-de-semana são tão corridos que eu só vou conseguir cozinhar pra terça e quarta, na segunda! Kkkkk
    Hoje pelo menos eu tenho um senso de quantidade e sei o que dá e o que não dá pra estocar (graças a você, diga-se de passagem).
    Essa semana você está na pegada italiana né? Tudo isso vai bem com vinho, só que eu não bebo mais então fico no suco de uva.
    Tô voltando a blogar, sabe Deus até quando. hahahaha
    bj bj

Deixe uma resposta